Notícias
AnterioresPróximas


Reuniões em Lisboa recomeçam dia 9 de Setembro01 Setembro 2006
Após o período de Verão que ultrapassamos, a APDF tentará reforçar toda a sua dinâmica na zona da Grande Lisboa, atendendo a que se tem vindo a notar que, lamentavelmente continuam os nossos Doentes desorientados e sem o tão necessário apoio clínico tão indispensável para o seu equiblíbrio fisico/emocional. Nota-se um aumento e vergonhosa canalização para a medicina privada para o acompanhamento destes Doentes, com a paralela e incompreensivel dificuldade de acompanhamento pelos Centros de Saúde Públicos.

Os Doentes Fibromiálgicos com poucos recursos económicos não podem ficar desprotegidos e até completamente abandonados por não terem recursos económicos para o pagamneto de uma consulta privada. São Doentes de difícil diagnóstico? São Doentes de difícil acompanhamento?
A APDF considera que é ao estado que compete soluccionar e resolver as dificuldades que se deparam.

A APDF tem conhecimento de muitos casos de Doentes que, com dificuldade "juntam" uma verba para uma consulta privada e depois não conseguem dar seguimento económico para a concretização da compra dos medicamentos que lhes são prescritos.

A APDF tem conhecimento de clínicos que se recusam a atender Doentes Fibromiálgicos nos Hospitais públicos, atendendo à complexidade da patologia, canalizando-os para os seus consultórios privados.

Por todos estes motivos, a APDF está a trabalhar para que seja constituído um grupo de trabalho diário, aproveitando as instalações e simpatia que nos é oferecida pela Junta de Freguesia de S. Sebastião da Pedreira para base de Apoio e de informação, o qual, se necessário e sempre que for requisitado, acompanhará o Doente que pedir ajuda em sua defesa directa em qualquer tipo das situações mencionadas.

A APDF não se conforma nem nunca se conformará que, devido ao elevado sofrimento, desespero por falta de recursos económicos dos Doentes, continue a proliferar um comércio vergonhoso em determinadas regiões do país.

Existe um recurso e acompanhamneto clínico oficial a que TODOS temos direito a recebê-lo com dignidade e para o qual continuaremos a lutar para que, cada vez com maiores regalias sejam recebidos pelos nossos Doentes.

Continuaremos as nossas Reuniões mensais em Lisboa na Junta de Freguesia de S. Sebastião da Pedreira, no próximo dia 9 de Setembro, pelas 15 horas. Estaremos, como sempre, ao dispor de todos aqueles que precisam de nós! Tentaremos, logo nesse mesmo dia, constituir o grupo de trabalho atrás referido, pelo que solicitamos a todos os Doentes que pretendam dele fazer parte se façam representar.


AnterioresPróximas

Desenvolvido por: Particula Digital