Notícias
AnterioresPróximas


Convívio de Natal06 Dezembro 2006
A APDF, perante o entusiasmo e proposta dos seus Sócios, reuniar-se-à na sua Sede, pelas 15 horas do dia 16 de Dezembro, a fim de poderem relembrar que também ainda sabem e podem sorrir e brincar. A APDF faz votos que sejam em grande número aqueles que para isso estejam capazes fisicamente de aproveitar esse dia.

A APDF dará uma ajuda com algo animador para a festa... De acordo com o combinado com os Socios, cada um deverá levar o que quiser ou puder para um pequeno lanche e uma prendinha a ser trocada pelos presentes no valor de 1 euro.

Que este dia seja um dia de Alegria e de Convívio, com muita Espiritualidade dentro de nós, conseguindo sentir um verdadeiro Natal!

Venha sorrir connosco!
APDF está mais Pobre06 Dezembro 2006
Embora não possamos considerar um acto de coragem, não podemos deixar de prestar toda a nossa homenagem à Sócia Nº 24, Maria Victorina Gouveia Magalhães Moreira, de 68 anos, que, ao partir voluntariamente, não foi capaz de acreditar na nossa Força que é, terá que ser cada vez maior para que um dia possamos ver a alegria estampada no nosso rosto e podermos vislumbrar, Todas Juntas, a victória alcançada após uma Luta que, embora demorada e muito difícil, ALGUÉM acima de nós permitirá que a devida Justiça seja feita a todo o sofrimento daqueles Doentes que têm sentido na carne, sem recursos, a amalgama de dor desta Doença que tão cruelmente tem sido tratada no nosso país, sobre os corpos doridos dos nossos Doentes.

Não possuímos um selo que nos permita comprová-la! Esperamos que quem a desacredita nunca a conheça através de uma experiência directa. Não desejamos tal facto! Desejamos apenas conhecimento científico por parte de todos aqueles que têm essa OBRIGAÇÃO e, perante ele, JUSTIÇA!
Esse tal conhecimento científico que está a ser ignorado, ausente vergonhosamente no nosso país.

Vamos TODOS ACREDITAR. Esse dia da sabedoria e Justiça Clínica VAI CHEGAR!!!

A APDF manifesta a todos os familiares de Maria Victorina os nossos mais sentidos pêsames e que consigam reunir a Força que ela, sentindo-se perdida, não foi capaz de encontrar.

Aproveitamos para relembrar a Todos os Fibromiálgicos do nosso país, sócios ou não, que a APDF tem sempre as suas portas abertas para ouvir e tudo fazer para ajudar todos aqueles que precisam de nós.

Neste dia, aceitem um Forte abraço de Amizade da APDF!


AnterioresPróximas

Desenvolvido por: Particula Digital